A autora



Cíntia se formou em Psicologia em 2010. Encaminhou-se mais para as aulas de análise do comportamento, mas nunca deixou de ler sobre o existencialismo, psicanálise, dentre outras contribuições da psicologia. Suas experiências a levaram a estudar também a dependência do uso de drogas, criação de filhos, o período da gravidez, o trabalho de doula, problemas em relacionamentos pessoais. Para alguns desses estudos não há certificado, somente a experiência e todas as consequências que vem dela.

Ela já trabalhou e/ou estagiou em clínicas de reabilitação para usuários de drogas, comunidades terapêuticas, hospital psiquiátrico, clínica privada de terapia individual e familiar, em casa lar (orfanato), em organizações estudantis, em uma chopperia (de garçonete, mas uma psicóloga não iria mal, pena que ainda ela não era formada) e de babá no tempo do Kurt Cobain.

Hoje trabalha como psicóloga para o Antenne d'Écoute no Grão-Ducado de Luxemburgo. Hein? Pois é...

A Cíntia gosta de viajar. Quem a ensinou esse gosto foi sua família. Desde pequena eles faziam uma viagem pelo Brasil de carro. Cada ano era um Estado. Para ela, cada ano era um mundo de descoberta de estilos de vida, sotaques, comidas diferentes e redescobertas. O mapa mundi sempre lhe foi um mistério. Ela o admirava e pensava “o que tem lá”. Finalmente aos 21 anos resolveu encarar o mapa mundi com os pés e passou pela primeira vez por uma fronteira. A do Brasil com a Argentina. A alfândega a deixou alucinada. E tudo o que veio depois dela também. Depois da Argentina, não parou mais. Foi para o Chile, Paraguai, Uruguai. Atravessou o Atlântico e foi para a Itália, Polônia, República Checa, Hungria, Croácia, Turquia, Egito, Alemanha, Bélgica, Inglaterra, Espanha, França e faz mais de um ano que agora mora no Grão-Ducado de Luxemburgo.
                Luxemburgo é o país em que mais tempo ela mora (sem ser o Brasil). Morou 7 meses na Polônia e 6 na Alemanha. Nos outros países ela fez mais turismo, apesar de ter dado preferência a conversar com os locais e tirar suas dúvidas culturais.
                Luxemburgo a intriga. É um país que tem 3 línguas oficiais – francês, alemão e luxemburguês. Mas quase todo luxemburguês aprende também inglês. Então é um povo que desde criança aprendem 4 línguas. Cíntia vai a um mercado e vê a caixa falando uma língua com cada cliente. Quando é descendente de portugueses então... Falam 5 línguas. De todos os estrangeiros que habitam em Luxemburgo, os portugueses são a maioria.Cíntia  se sente mais em casa com tantos portugueses. E anda a perceber que eles têm muito em comum com os brasileiros. Quando ela está no meio de vários tugas, sorri e pensa “PoiX, quem diria, me sinto protegida aqui”. Algumas novas palavras fazem parte de seu vocabulário: sala de banho, fixe, giro, sumo, poiX e assim por diante.
                Cíntia fala português brasileiro, inglês, alemão (ela conversa em alemão, tem amigos alemães, mas ainda tem lá suas dificuldades, não saí fácil como o inglês) e atualmente está aprendendo “français”. A cada dia gosta mais do “français”. Mas no início se sentia mais um brasileiro fazendo biquinhos ao falar português.

8 comentários:

  1. Olá amiga,

    Parabéns para vc e todos os seus amigos pela criação deste blog. Adorei seu perfil e vou conhecer melhor as postagens!
    bjoooo grande

    ResponderExcluir
  2. Ola, tudo bem ? Espero que sim, parabéns por seu blog,muito interessante, gostei muito.
    Sou brasileira e estou aqui no Luxemburgo , passando um tempo com minha filha que vive aqui com um rapaz português.Queria ter o prazer de um dia conhece-la pessoalmente.
    Sucesso para você , muita saúde que você continue com essa alegria.
    Deus abençoe sua família linda.Bjs
    Helena Paetsch

    ResponderExcluir
  3. Obrigada Helena!
    Podemos combinar sim!
    Você tem Facebook? Pode me mandar uma mensagem privada (estou no grupo dos brasileiros em Luxemburgo) e combinamos!

    ResponderExcluir
  4. Ótimo blog. Também sou brasileira e já morei em Luxemburgo, pretendo voltar.
    Sucesso e que Deus continue te abençoando muito!

    ResponderExcluir
  5. Olá...
    Vim pelo Nômades Digitais.
    Estou me formando em Letras, e bastante interessada em um mestrado sobre aprenzado em contexto multilingue da Universidade de Luxemburgo. Que me diz?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jordania!
      O ideal é olhar no site da Universidade de Luxemburgo as vagas de mestrado - http://wwwen.uni.lu/. O mestrado geralmente é pago, doutorado é possível conseguir bolsa, se for numa das vagas postadas no site - http://recruitment.uni.lu/en/

      Excluir
  6. Olá Cintia,

    Sou brasileira e estou vendo uma oportunidade de trabalho ai em Luxemburgo. Queria saber mais informações sobre visto para meu marido ir como meu dependente. Você teria um tempinho para nos falarmos?

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  7. Olá Cintia,
    Meu filho se muda pra Luxemburgo mês que vem, pesquisando o país descobri o blog, desativado?

    ResponderExcluir